Menina, nem te conto! Ops! O que será que a Ana Luiza perdeu pelo caminho?

Enviado por Mulher de 30 em . Publicado em Menina, nem te conto!

Boa tarde Cibele,

Meu nome é Ana Luiza, tenho 36 anos e sou de Itabira, interior de Minas Gerais.

Num belo sábado do mês de agosto de 2010 estava me arrumando pra ir ao casamento civil de minha cunhada. Quando coloquei o vestido minha barriga estava muito além do permitido, sendo assim, catei esses macaquinhos que reduzem medidas no meu armário e vesti… “Nossa ficou ótimo!” pensei. No entanto, como o macaquinho já era bastante desconfortável e resolvi colocar por cima dele uma calcinha mais larga – “Excelente!” exclamei.

Acabei de me arrumar e fiquei esperando o noivo (isso mesmo… fui pro casório de carona com o noivo) me buscar! Ele chegou minutos depois, eufórico, buzinando, com uma cerveja na mão e gritando: “Boooooooraaaaa Ana!”. Desci as escadas do meu prédio voando e atravessei a rua na correria. Quando cheguei na frente da porta do carro, meu cunhado (já havia aberto a porta) estava com uma cara muito esquisita pra mim… Fui logo falando: QUE QUE FOI? E ele respondeu: Que que é isso branco no chão????????????? Quando olhei pra baixo a minha calcinha estava arriada no chão com o protetor diário de calcinhas RELUZENTE!!! Na frente da minha casa tem um hotel… E qual a surpresa quando olhei pra trás e a recepção estava toda rindo de mim!!!

MORAL DA HISTÓRIA: Nunca confie numa calcinha confortável!!!

Abraços
Ana Luiza

Comente com o Facebook

comentário(s)

Trackback from your site.

Deixe um comentário