Menina, nem te conto! Aventuras da Josi

Enviado por Mulher de 30 em . Publicado em Menina, nem te conto!


Cibele, simplesmente AMO o seu blog e morro de rir com os casos do ‘’Menina, nem te conto!’’
Sou campeã em pagar micos e em qualquer lugar que estou sempre acontecem coisas engraçadas.

Então aí vão algumas histórias:

Fiz uma viagem a Búzios com uma amiga e curtimos muito aquele paraíso. Na volta, pegamos um ônibus desses de viagem, para ir de Búzios ao aeroporto no Rio.
Nosso voo sairia às 8h, portanto tivemos que sair de Búzios na madrugada.
O tempo estava agradável, porém o motorista calorento colocou o ar-condicionado do ônibus em uma temperatura muito baixa.
O ônibus estava bem vazio, então resolvi mudar de assento, na esperança de não congelar. Não adiantou! Eu me agarrava na minha blusinha de malha e tremia que nem uma condenada.
Eu até tinha uma jaquetinha na mala, mas ela estava no porta-malas do ônibus, só conseguiria pegar ela caso o motorista parasse.
Quando eu estava quase sem esperança de sobreviver aquele frio todo, olhei para os acentos, na parte onde apoiamos a cabeça, as empresas de transporte colocam umas proteções nos bancos que são uns paninhos com o nome da empresa e tal.
Não tive dúvidas, arranquei umas 4 proteções dos bancos próximos e embrulhei pelo menos meus pés e minhas mãos.
Não adiantou muito, mas quando a minha amiga me viu naquela situação, quase teve um treco de tanto rir.
Até hoje morro de rir quando lembro desta situação.
Ah, nesta mesma viagem, eu trouxe de lembrança um Cristo Redentor de pedra esculpida para uma amiga, porém quando ela abriu o embrulho, cadê a cabeça do Cristo? Tinha quebrado na viagem… Gente, eu me supero!

Segundo caso:

Marquei de encontrar um paquera em uma balada e fui com uma amiga.
A festa estava bem cheia, e em determinada hora encontrei o gato.
Ele logo veio me cumprimentar com um abraço de urso, bem querido dizendo que estava com saudades quando ele me solta, olha com aquela cara estranha e diz:
– Linda, seu cabelo está molhado.
A minha amiga que estava ao meu lado nem espera eu ver o que tinha acontecido e já vai anunciando:
– Claro, acabaram de vomitar no cabelo dela.
Afeeeee né!
Corri pro banheiro pra tentar da um jeito no meu cabelo e na minha roupa, mas não teve muita solução, mesmo assim, resolvi continuar na festa.
O gato foi tão parceiro que ficou junto comigo até o final naquela situação.

Caso três:

Era um dia frio e meus amigos resolveram ir para uma festa de última hora.
Eu não queria ir, mas de tanto insistirem acabei aceitando o convite.
Como fez um frio repentino naquele dia, todas as minhas blusas de frio estavam guardadas no fundo do armário, mas resolvi resgatar uma delas pra usar na festa.
A blusa estava com um cheiro de mofo muito forte, mas como não tinha outra opção, passei bastante perfume e fui pra festa, meio desanimada, mas fui.
Chegando lá encontro o gato dos meus sonhos, lindo, bem resolvido, inteligente…
Papo vai papo vem rolaram uns beijinhos e só depois disso que fui lembrar que estava com a blusa fedida.
Imagina o meu pavor, o cara super cheiroso, a oportunidade da minha vida e eu FEDENDO!
Ele ainda dizia – Nossa, como você é cheirosa!
Gentileza dele né, porque nunca mais vi o cidadão…

Caso quatro:

Eu tive muita dificuldade para aprender a dirigir, mas metia a cara e pegava o carro sozinha, bem doida pra aprender.
Certa vez, eu que nunca aprendi a subir morro na auto escola, deixei o carro morrer em cima de um morro.
Era noite, num morro e parei em uma curva, PENSE!
Fiquei uns instantes ali, com o freio de mão puxado pensando o que eu faria pra conseguir subir aquele morro na curva…
Logo veio um fusquinha que parou atrás de mim, me xingou, buzinou, fez o maior escândalo e eu bem calma dizendo:
– Calma senhor, estou aprendendo, pode até passar na minha frente.
Respirei fundo, fechei os olhos e acelerei o máximo que pude aquele carro, pensando “Seja o que Deus quiser”
O carro “cantou pneu”, consegui subir o tal morro… mas até hoje lembro que eu era um perigo para a humanidade no trânsito.
Era, hoje eu já aprendi, gente! HAHAHA

Essas são algumas das minhas VÁRIAS histórias que tenho pra contar.
Um beijo meninas espero que tenham gostado.

Comente com o Facebook

comentário(s)

Trackback from your site.

Deixe um comentário